SP: (11) 3089-4746 MG: (31) 3481-8119 Email: contato@asisprojetos.com.br

DCTFWeb: finalmente uma boa notícia.

Desde bem cedo temos noticiado como o sistema SPED avança a passos largos para o ambiente de integração total entre sistemas Fisco-Contribuintes. Especialmente, em relação à DCTFWeb (Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais), substituta da GFIP, que parece ser a pretendida “cereja do bolo” dos Fiscos. Como garantir a qualidade dessa obrigação cujo conteúdo é gerado automaticamente a partir do eSocial e EFD-Reinf? Vamos descobir:

Entenda Como o Fluxo de Informações Funciona

O diagrama abaixo ilustra o fluxo de informações entre as escriturações do eSocial e da EFD-Reinf com o sistema DCTFWeb:

 

Audite o eSocial e a EFD-Reinf Antes da Entrega

A DCTFWeb somente recebe e consolida as informações transmitidas através dos eventos do eSocial e EFD-Reinf. O único caminho para garantir a qualidade das informações será criar processos que avaliem o conteúdo dos eventos destes arquivos. Um desses processos é a Auditoria Digital.

O FAQ da DCTFWeb reforça que, no caso de inconsistência de informações, o contribuinte deve retornar ao eSocial e EFD-Reinf. Portanto, por que não implementar um processo que garanta a qualidade na transmissão? Isso evitará que os contribuinte tenham surpresas no momento de entrega da DCTFWeb.

No caso de identificação de erro no valor dos débitos apurados na DCTF Web, quais procedimentos devem ser adotados?

Caso o contribuinte indentifique erro no valor dos débitos apurados, que estão exibidos na DCTFWeb, deverá retornar na escrituração (eSocial ou EFD-Reinf) e efetuar os ajustes necessários. A alteração do valor dos débitos somente é possível a partir da escrituração e será refletida na DCTFWeb após o processamento com sucesso do encerramento da escrituração que foi retificada. (fonte: FAQ da DCTFWeb – RFB)

Tome uma Decisão

  Voltar ao Blog

Deixe seu comentário

SPED News | Todos os direitos reservados.