SP: (11) 4810-2631 MG: (31) 3481-8119 Email: contato@asisprojetos.com.br

Junta Comercial lança sistema pioneiro e desburocratiza acesso a empresas paulistas

 

A Junta Comercial do Estado de São Paulo, órgão ligado à Secretaria da Fazenda que em 2010 completa 120 anos, lançou nesta terça-feira (8/6) a Jucesp Online, sistema que vai simplificar e facilitar o acesso às informações e serviços da Junta, permitindo o acesso a fichas e documentos de mais de 5,4 milhões de empresas paulistas. É a maior ação de desburocratização e abertura de base de dados entre juntas comerciais já realizada no país, conforme destacou o governador Alberto Goldman, durante o evento. Segundo Goldman, esta ferramenta “vai reduzir bastante burocracia porque todas as ações feitas hoje presencialmente, e que demandam tempo, com filas e taxas, serão eliminadas, e com elas o custo que isso acarreta não só para o poder público, como para o próprio cidadão”.

A nova Jucesp Online pode ser acessada de forma rápida e segura por qualquer cidadão pela internet em www.jucesp.fazenda.sp.gov.br e traz entre as principais novidades a possibilidade de acesso gratuito a documentos e fichas cadastrais sem que o interessado precise comparecer à Junta ou às suas unidades descentralizadas (veja a relação dos serviços disponíveis). “Do escritório ou mesmo de casa, por meio da internet, o usuário terá acesso a pesquisas e impressão certificada de documentos”, ressalta o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Machado Costa. Para o secretário, a Jucesp Online promove “um avanço muito grande em termos de transparência das informações em poder do estado de São Paulo, que vai facilitar a vida do cidadão. Ao invés dele ir até à Jucesp enfrentar filas, ele pode obtê-las pela internet gratuitamente”.

Dessa forma, além de facilitar a vida dos empresários, contadores, advogados e outros interessados nos dados das empresas, o órgão aperfeiçoou os serviços internos de documentação e o atendimento presencial, já que mais de 30% da força de trabalho disponível, que realizava serviços que passarão a ser oferecidos online, será realocada. “De todas as formas passaremos a prestar um serviço melhor”, afirma Valdir Saviolli, presidente da Junta Comercial do Estado de São Paulo  

Entre as principais novidades do sistema está a redução de custos: agora, a maioria dos serviços oferecidos será gratuita no meio online. A exceção, com pequena tarifação, fica para aqueles documentos que ainda demandarão análise e intervenção interna dos servidores e funcionários da Junta Comercial, entre eles certidões específicas com teor solicitado e requisição de cópia digital de documento.

Além de permitir consulta ao banco de dados da Jucesp, entre as facilidades que estão sendo colocadas à disposição da população estão a emissão online de fichas cadastrais, certidões, imagens digitais, solicitações e agendamentos de serviços presenciais.
Um dos destaques do novo sistema é a pesquisa de empresas por região. Por meio de uma ferramenta de georreferenciamento, é possível procurar indústrias ou estabelecimentos comerciais em todo o Estado, refinando a pesquisa por cidade, região, bairro ou rua. Assim, empresários ou investidores interessados em abrir um negócio poderão fazer um mapeamento da concorrência ou pesquisar estabelecimentos similares, fornecedores ou serviços em sua região.

Até a implantação da Jucesp Online, a maioria dos serviços prestados era oferecida por meio de atendimento presencial nos balcões da Jucesp. Por esse método, os usuários precisavam cumprir uma extensa rotina. Para obter acesso a um simples documento, o usuário deveria imprimir o requerimento, recolher as taxas na rede bancária para depois se dirigir à sede da Jucesp com o protocolo de entrada e formalizar a solicitação de serviço. Em média, o tempo de espera por pedido variava entre 5 e 15 dias.

Para hospedar as novas funcionalidades da Jucesp Online, a Junta Comercial reformulou simultaneamente seu site, que ficou mais moderno, ágil e funcional. A fim de garantir toda a segurança e confiabilidade dos dados, a partir de agora todos os documentos emitidos por meio da internet terão assinatura digital e selo cronológico, conferindo autenticidade, integridade e confidencialidade às transações eletrônicas, impedindo também qualquer tipo de fraude.

O Governo do Estado investiu cerca de R$ 3 milhões na contratação da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo para o desenvolvimento da estrutura da Jucesp Online. A Junta colocou em prática várias ações complementares para estruturar o novo modelo de atendimento. A principal delas é a digitalização de todo o acervo de documentos. Cada item processado é colocado imediatamente no site para consulta dos usuários. “Por esse método será oferecida a oportunidade de o usuário acessar e obter cópias de contratos sociais da empresas, aberturas, alterações e baixas de sociedade. Temos tudo isso registrado na Jucesp e ele poderá obter uma cópia digital desses documentos”, informa Saviolli.

Para o usuário ter acesso gratuito a alguns dos novos serviços da Jucesp Online será necessário possuir um cadastro de usuário com login e senha de acesso ao sistema. Para facilitar a vida do cidadão, a Jucesp decidiu utilizar o cadastro já existente na Secretaria da Fazenda para o programa Nota Fiscal Paulista. “Nós não estamos criando um cadastramento adicional e sim unificando o acesso com o mesmo login e senha da Nota Fiscal Paulista”, esclarece.

O lançamento da Jucesp Online marca o início das comemorações de aniversário da Junta Comercial do Estado de São Paulo, que neste ano completa 120 anos. “Esse projeto é um marco para a Jucesp. Outras novidades virão por aí”, finalizou Saviolli.

  Voltar ao Blog

2 Comments on “Junta Comercial lança sistema pioneiro e desburocratiza acesso a empresas paulistas

  1. Parabéns pela iniciativa é um passo muito importante para a democratização, mas a senha para acesso precisa ser substituída por Certificação Digital o mais breve possível do contrário os dados ficarão expostos e sujeitos a fraudes. Além do que a Certificação Digital permitira inclusive a abertura de empresas com o processo totalmente eletrônico. A empresa nascerá com o e-cpf do representante legal da empresa. Já já isso será realidade.

Deixe seu comentário

SPED News | Todos os direitos reservados.